Sergio Weinfuter

há 3 anos · 6 min. de leitura · visibility ~10 ·

chat Entre em contato com o autor

thumb_up Relevante message Comentar

Diga-me....Quem se importa?

Bit

TH Dv

                                                   Imagem: https://www.interlink.org.br/produto/alguem-se-importa/



Com a mão estendida do mendigo pedindo um pequeno auxílio para trazer alívio por um momento ao seu sofrimento. Ele passa seus dias maltrapilho, andando de um lado para o outro sem destino, não pensa em futuro, segue com calma resoluto o seu destino. É um pária para a sociedade, vive na sarjeta e sua única companhia é a onipresente garrafa de cachaça, que contribui para que ele possa escapar da realidade de sua vida cruel, sua única amizade.


Poderia ter sido um cidadão honrado, um médico, advogado, juiz ou quem sabe um delegado. Porém nada disso aconteceu e em meio a tudo, ele se tornou mais um dos milhares de desabrigado, andando nas ruas desamparado, tendo o mundo por sua casa e o céu por seu telhado. Hoje enfrenta sua realidade, segue de cabeça erguida tentando manter alguma dignidade, mas aos olhos da cruel sociedade, ele nada mais é que um indivíduo que vive à margem, excluído da chamada civilizada irmandade. Quem se importa?


bad4e7f2.jpg
Diga-me quem se importa com o pai que estando seu filho no leito de morte, não tem dinheiro para bancar um caríssimo tratamento, que poderia salvar a vida de seu filho e para sua família trazer um alívio, um grande alento, mas ele continua morrendo no fundo do seu leito, o pai não tem dinheiro para livrá-lo desse terrível sofrimento.


Quem se importa com eles, com sua família? Quem estenderia a mão a eles e salvaria seu filho? Poderia alguém olhar e segurar sua mão, salvando o filho que estava perdido, nas garras de uma terrível doença que parece mais um ladrão? A cada dia que passa, perde-se um pouco mais de sua vida, sua energia, sua vitalidade, até parecendo uma triste poesia, uma maldição, uma grande atrocidade. O mundo está cheio de boas pessoas, mas cadê elas quando alguém precisa?


Alguém se importa?


Com o triste destino traçado de alguém que lutou boa parte de sua vida, trabalhou que nem um louco, não gastava nada, nem mesmo para comprar um simples biscoito e após anos de luta, tristeza, cansaço e muita pobreza, enfim, seu sonho foi realizado.


Se casou com a menina de seus sonhos, ela que povoou seu subconsciente todos os dias, consegue em um só movimento, trazê-la para casa e por fim chamá-la de amor, que grande dia, grande momento!. Com o duro trabalho realizado após anos estressados, consegue pagar sua casa através de um plano programado. Agora pode dizer que tem um lugar somente seu para descansar, fruto de muito trabalho e suor derramado. O carro que sempre foi seu desejo de consumo, trabalhando por longas horas de jornada, colocando sua vida a saúde em risco, por fim consegue comprar.


Parece que agora tudo se encaixou, casou com a garota que sempre desejou, mora na casa que sempre sonhou, dirige um carro que nunca pensava em conseguir possuir, algo que com muito suor conquistou. Agora parece que sua vida por fim vai estabilizar, casamento, casa e carro tudo no lugar, seria hora de parar e relaxar, afinal de contas merece tudo o que conquistou. Mas, quando tudo parecia feliz, descobre que sua vida está por um triz, precisa vender tudo para se salvar.


9c2bf19f.jpg
Onde buscar socorro, dinheiro para o tratamento que parece não ter fim, casa e carro já não existe, nem mesmo sobrou um jardim? A única que poderia trazer algum conforto para ele neste fim triste de sua vida, seria sua linda esposa, a menina de sua vida. Porém ela não está mais com ele, se foi com tudo que ele conquistou, deixando-o sozinho, pobre, desamparado, desabrigado, doente, sem dinheiro, uma tragédia, um fim infeliz. Quem se importa? Ele trabalhou tanto para nada, com o fruto de seu trabalho muitas coisas conquistou, agora nada sobrou.


Mas, quem se importa em ajudar um desconhecido que correndo em sua direção pede por um ombro amigo, precisa desabafar, gostaria de alguém para conversar, mas não há quem o posso escutar? Quem se importa com o grito inocente, perdido nas madrugadas frias, um grito de dor que surge de repente, ninguém vai levantar de sua cama confortável e quente, para salvar um pobre-diabo que na rua solta gritos estridentes.


Quem se importa?


Que nas filas dos hospitais paciente estejam morrendo sem receber atendimento decente, nas casas crianças maltratadas morrendo por falta de tratamento e o filho que perdeu seu pai somente porque não tiveram dinheiro para pagar o médico que poderia salvá-lo, sem apoio financeiro o médico ficou indiferente. Quem se importa com as vidas que todos os dias são perdidas, para drogas, bebidas, cigarros, descasos da vida ou quem sabe por mais uma das milhares de balas perdidas?


 Quem se importa?


Com o choro da mãe que perdeu seu filho recém-nascido, viveu no mundo por somente um minuto e para o céu subiu garantido, deixando seus pais com seus corações dilacerados, completamente partido? Quem vai aliviar a dor desta família, quem poderia acalentá-los e fazê-los esquecer deste enorme sofrimento, quem poderia fazer jus ao seu juramento, atendendo aos que choram buscando alívio para os seus sofrimentos?


Diga-me... Alguém se importa?


02385abc.jpg
Parece que ninguém se importa... Ninguém ouve, ninguém vê, ninguém estende a mão, ninguém quer saber. O grito de desespero toma conta do mundo, não importa se é milionário, rico ou somente um pobre vagabundo, todos sentem a pressão do mundo em suas vidas, não há escapatória, não existem saídas. Todos vivem no mesmo barco e sem perceberem todos estão a sofrer, perdidos em sua própria angústia, perdidos em seu mundo, prontos para morrer.


Mas quem se importa?


Choro, lamento, grito de dor, nada faz com que alguém se preocupe e estenda a sua mão, os corações estão fechados, não há lugar para o amor, a empatia sumiu, ninguém vai se colocar no lugar do outro e sentir sua dor. Todos estão concentrados em si mesmo, pensando em seu futuro, se vai trocar seu carro novo por outro melhor, se casa novamente ou vive sozinho sendo um novo playboy. No guarda roupas em meio a inúmeros vestidos, levanta sua voz em um incompreensível grunhido, seus vestidos não mais há satisfaz, diz que não tem nem um para vestir nesta esta ocasião especial. É uma tragédia, um coice animal!


Que dizer então da pobre menina que vive na favela, trabalha de dia, de noite e sem um prato come na panela. Precisa de uma roupa para sair com suas amigas, mas em sua caixa de papelão que diz ser seu quarto roupas, há somente um remendado vestido florido, a sua disposição? Como ela vai se apresentar nesta ocasião especial, não tem dinheiro para comprar outra roupa, por isso vive escondida em sua casa parecendo um tímido animal?


Quem se importa?


Uns tem demais outros nada tem, todos procuram em suas vidas adquirir algum bem, mas no fim dela, todos vão embora para o desconhecido sem nem um vintém. Quem se importa com os longos anos de árduo trabalho, as longas horas de angústia, as milhares de lágrimas derramadas e as poucas horas de suas vidas que puderam dar muitas risadas? A vida em um só minuto para sempre se foi, nada mais importa, tudo pelo que tinha lutado e acreditado para sempre se acabou, o destino se impõem.


1a827ad7.jpg
Todo o fruto de seu árduo trabalho ficou, empresas, casas, carros, filhos, maridos, mulheres, preconceitos, brigas e confusões ficaram no mundo. Nada disso os seguiu, todos foram trilhar seus caminhos sozinhos na morte, despidos de tudo que adquiriu. Serviu para alguma coisa, passar seus semelhantes para trás, ser para seu amigo um Judas, um completo satanás? Mas, quem se importa se com isso conseguiu alguma coisa em seu benefício, usando de qualquer artifício, traiu a sua melhor amizade, destruiu seu melhor amigo?


Vivendo neste mundo de acirradas disputas, onde uns tentam serem melhores que os outros, alguns matam por uns poucos trocados, outros pela falta de uns trocados vivem completamente desamparados, suas vidas em frangalhos para o mundo é motivo de muitas risadas, ninguém estende suas mãos na sua direção, vivem na contramão, andando na direção errada. Todos estão contemplando seus próprios umbigos; e por que ser diferente, por que se importar com seus amigos, mesmo aqueles que algum dia foram queridos?


Diga-me...alguém se importa? Você se importa? Quem se importa?


O mundo se transformou em uma selva, é cada um por si, ninguém tem tempo de olhar para os lados, estender a mão para os semelhantes desamparados, todos estão na grande disputa que suas vidas se transformaram e ninguém quer perder sua chance de crescer. Matar ou morrer é a lei da selva que predomina, todos procuram mais benefícios conseguir, nesta corrida ninguém quer parar, mesmo que para isso tenham que seu último oxigênio respirar.


Ecoando os gritos de desesperos na atmosfera do mundo, todos estão surdos, ninguém os escutam. Os ricos vivem imersos em suas riquezas, reclamando do que não conseguiram conquistar e com medo de ficarem na pobreza, com medo de terem que mendigar. Os pobres cobiçam os ricos por sua forma de vida, sua enorme fonte de grandeza, vivem tentando todos os dias enganar sua própria tristeza. Todos os seres humanos buscam conforto no mundo, mas se alguém grita, ouve-se um soluço profundo, todos viram suas costas, quem ousaria ouvir o soluço desesperado de um moribundo?


Alguém precisa entender as pessoas, ouvir as pessoas, vivem em sociedade, ser parte de um grupo. Todos os seres humanos passam suas vidas em busca de algo e quando não conseguem,  ficam frustrados. Todos são ensinados a esconderem suas emoções que diante de todos se forem expostas podem parecer que são fracos, não há lugar para compaixão. Quando alguém não consegue se conter e grita por socorro, ninguém olha para seu lado, todos indiferentes passam por ele, nem percebem em seu rosto as marcas de que sua vida foi, um completo desgosto.


Diga-me... alguém se importa?


Meu blog:

http://guerreiro-das-sombras.webnode.com/


thumb_up Relevante message Comentar
Comentários

Mais artigos de Sergio Weinfuter

Ver blog
há 9 meses · 5 min. de leitura

Pandemia: O Brasil de ponta cabeça

Imagem: · https://brasilescola.uol.com.br/doencas/ ...

há 10 meses · 3 min. de leitura

Um fevereiro sem carnaval

Imagem:https://tudo-sobre.estadao.com.br/carnaval ...

há 1 ano · 5 min. de leitura

A teoria do caos

Imagem: · https://sergiorbtorres.blogspot.com/2014 ...