Joao Reganassi

há 4 anos · 3 min. de leitura · visibility 0 ·

chat Entre em contato com o autor

thumb_up Relevante message Comentar

InteRH–Atividade!!! – 4

Já estamos na quarta semana do projeto InteRH–Atividade!!!. uma nova forma de compartilhar conhecimento sobre Recursos Humanos que começa a gerar frutos.

O conceito é simples, contando com a participação de meus amigos, colegas e conexões das minhas redes de relacionamentos como Facebook, LinkedIn, Google+, Bebee e Instagram, eu escrevo um artigo sobre um determinado assunto. Os leitores poderão contribuir para enriquecer o tema, com experiências pessoais e/ou corporativas. Caso não queira comentar questões pessoais, poderá indicar temas para os próximos artigos. No decorrer da semana avaliarei as respostas e iniciarei o artigo da semana seguinte ou complementarei o tema da semana anterior com as contribuições recebidas. Claro que tomarei o cuidado necessário para não expor nenhum colaborador ou empresa. A menos é claro que a pessoa autorize a menção do nome ou empresa. Até porque, bons exemplos devem ser compartilhados e reconhecidos.

No final desta jornada, espero ter elaborado cerca de dez a quinze artigos com diferentes temas e poder ter colaborado, com o auxílio de profissionais especializados, com a evolução do tema Administração de Recursos Humanos. Lembrando sempre que os textos são curtos e voltados mais para eventos reais que teóricos. Mas isso não significa que contribuições teóricas serão desconsideradas.

Atendendo a pedidos, esta semana o assunto será o Poder nas Organizações. Reinaldo Andrade, do site RHPortal, menciona em seu artigo publicado em 02/09/2015, que assim como ocorre com a liderança, o poder é também um tema organizacional bastante discutido, observado sob diversas vertentes, haja vistas as inúmeras formas pelas quais ele pode manifestar-se numa organização. De uma forma bastante genérica, podemos entendê-lo como capacidade de um indivíduo para controle ou domínio sobre outros. O qual eu concordo e afirmo também, que assim como liderança, o poder deve ser tratado com muita atenção se as organizações pretende lidar com um tema tão delicado, em virtude da complexidade das relações humanas e os conflitos entre os indivíduos e suas respectivas gerações.
Tem sua origem na filosofia política, na busca da compreensão das relações que se desenvolvem nos grupos sociais: há a necessidade do controle e limitação da liberdade do indivíduo para que o grupo possa alcançar de forma coesa e harmônica os seus objetivos. Sua análise nas organizações, enquanto grupos humanos que interagem politicamente na busca da satisfação dos seus interesses, é feita de variadas formas, ao longo dos anos, tornando-o um tema complexo e multifacetado. 
Existem várias formas de se obter poder, analisando as estruturas organizacionais, o modo como as pessoas se comportam no ambiente de trabalho e como se relacionam, entendemos que exercitar o poder nas organizações não é uma tarefa fácil. Compreendendo estas formas, fica mais claro também o significado da palavra poder.

Poder (do latim potere) é a capacidade de deliberar arbitrariamente, agir e mandar e também, dependendo do contexto, a faculdade de exercer a autoridade, a soberania, o império. Poder tem também uma relação direta com capacidade de se realizar algo, aquilo que se "pode" ou que se tem o "poder" de realizar ou fazer.

Desde os primórdios da humanidade as relações entre indivíduos/grupos se deram visando o poder, o monopólio, seja ele econômico, militar ou qualquer outro. Uma relação de poder pode se formar por exemplo, no momento em que alguém deseja algo que depende da vontade de outra pessoa. Esse desejo estabelece uma relação de dependência de indivíduos ou grupos em relação a outros. Quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação a A

O poder pode se apresentar das seguintes formas:

Poder de posição ou autoridade formal: Líder nomeado tem um papel organizacional específico, tais como executivo, gerente, supervisor etc. Ou ainda os lideres naturais, recebe o poder devido a sua capacidade de conseguir realizar uma tarefa ou a manutenção dentro do grupo social.

Poder coercitivo: É utilizado para conseguir o que quer com base em ameaças e punições.

Poder de recompensa: Da forma contraria do coercitivo, as pessoas são induzidas a fazer o que o indivíduo quer porque isso produz um benefício como recompensa.

Poder de competência: É baseado no domínio de um indivíduo sobre determinados assuntos.

Poder de referência: Baseia-se no carisma e personalidade, criam certo poder a influenciar pessoas pelos seus traços pessoais.

Ainda há uma forma de poder, a de ser substituída por outra pessoa, quanto mais um indivíduo for insubstituível, maior é o poder que ele exerce. Uma pessoa que tem tarefas centralizadas nelas maior é o seu poder, pois tudo dependerá dela para que as tarefas sejam executadas.

Em alguns casos o poder é usado de forma explorativa, pensando somente em si próprio, onde a ética é esquecida, um exemplo disso é o poder nas mãos de políticos, pois é usado de forma errada e se auto beneficiam à custa da população. 

Independente da forma, o poder, se não for adequadamente administrado trará impactos negativos para as organizações e consequentemente para os indivíduos que fazem parte. Mais uma vez, a recomendação de equipes multidisciplinares poderá amenizar o impacto negativos do efeito do poder e facilitar a obtenção de resultados esperados pelas organizações.

Conte-me sua experiência sobre esse tema. Sua colaboração e apoio é de grande valor, para transformar o projeto InteRH–Atividade!!! em um grande sucesso.

Joao Reganassi

Coach Executivo e Sócio da JRH consultores associados

joao.reganassi@jrhconsultoresassociados.com

af91a915.jpg

"
thumb_up Relevante message Comentar
Comentários

Mais artigos de Joao Reganassi

Ver blog
há 11 meses · 2 min. de leitura

InteRHAtividade!!! – 1. O que esperar de 2021?

A marca InteRHAtividade!!! continuará fazendo part ...

há 1 ano · 3 min. de leitura

InteRH–Atividade!!! – 12. Retrospectiva 2020!!!

A marca InteRH–Atividade!!! continuará fazendo par ...

há 1 ano · 2 min. de leitura

InteRH–Atividade!!! – 11. Como Reagimos às Mudanças?

A marca InteRH–Atividade!!! continuará fazendo par ...