Ana Arlinda Alcantara Caldeira 🐝

há 2 anos · 1 min. de leitura · visibility ~10 ·

chat Entre em contato com o autor

thumb_up Relevante message Comentar

Os perigos da exposição pessoal online

Os perigos da exposição pessoal online

A Internet transformou-se em um espaço aberto para que as pessoas comuns possam, voluntariamente, expor suas vidas a um número ilimitado de internautas. Abrir a intimidade a estranhos tornou-se um hábito satisfatório para quem quer mostrar que possui uma vida repleta de felicidade. Porém, esta visibilidade virtual gera problemas maiores aos seus produtores e àqueles que que a consomem diariamente. 

Primeiramente, o que as pessoas desejam é impressionar as suas redes sociais com imagens de uma vida invejável e uma família perfeita, a fim de obter reações positivas e diversas mensagens de elogios, causando, assim, uma nova percepção de sua condição social e econômica. Sem uma novidade ou notícia em tempo real, a vida perde sua intensidade e deixa de ser interessante para ser consumida nas redes sociais.

Em segundo lugar, os seres humanos têm necessidade de saber o que acontece na vida alheia e, assim, fazer comparações e criar ideias e estereótipos de perfeição que não fazem parte do cotidiano da maioria das pessoas. Dessa forma, emoções negativas como raiva, inveja, estresse, depressão e baixa autoestima tornam-se um problema a ser enfrentado pela sociedade, devido à constante exposição virtual.

Além disso, os perigos dessa exibição são subestimados por muitos internautas. Mostrar informações pessoais na Internet aumenta a vulnerabilidade das pessoas em relação aos criminosos e àqueles que possuem más intenções. Vários desconhecidos – impressionados com a qualidade de vida exposta – têm fácil acesso aos hábitos e rotinas de famílias e indivíduos que, sem perceber, são observados e analisados.

Com o que foi exposto até aqui, percebe-se que as pessoas têm diversas ferramentas para exibir sua intimidade virtualmente a fim de criar a ilusão de vida perfeita e eterna felicidade. Os internautas devem ser mais contidos e reservados acerca de seu cotidiano e motivos de alegria, pois há outros, com más intenções, que podem explorar essa vulnerabilidade online para agir de forma criminosa e, então, prejudicar famílias inteiras.


thumb_up Relevante message Comentar
Comentários

Mais artigos de Ana Arlinda Alcantara Caldeira 🐝

Ver blog
há 1 ano · 3 min. de leitura

Os três tipos de conteúdos que você deve produzir

Escrever conteúdos engajadores e que despertam o i ...

há 2 anos · 1 min. de leitura

A Ética na Informação dos Meios de Massa

Nos dias de hoje, torna-se difícil filtrar a diver ...

há 3 anos · 2 min. de leitura

Razões para estudar online

Com a tecnologia em mãos a todo momento, estudar t ...