Orientadora de Carreira Franciane Torres

há 3 anos · 2 min. de leitura · visibility 0 ·

chat Entre em contato com o autor

thumb_up Relevante message Comentar

Mudança de profissão: saiba como fazer!!


462c1987.jpg
(Imagem - Pixabay)


Você está começando uma profissão ou já está nela há algum tempo (ou há muito tempo) e já viu que não vai se adaptar ou está desmotivado e cansado de fazer a mesma coisa há tempos. Mudar de profissão ronda sua cabeça mas algumas questões o faz parar para pensar no que fazer.  

Planejar, conhecer bem a outra área que se deseja atuar, deixar para trás os medos de recomeçar e a paciência são requisitos essenciais tanto para quem está começando quanto para quem exerce a mesma profissão há anos. 



Mudar ou não mudar; eis a questão. Franciane Torres


Porém, toda e qualquer mudança requer a certeza do desejo de mudar radicalmente a vida profissional e aceitar os desafios que estão por vir. Toda e qualquer mudança requer uma mente aberta, bom senso, flexibilidade e adaptação. Toda e qualquer mudança requer autoconhecimento, tempo, planejamento, conhecimento e força de vontade. 


Mas antes de pensar em mudar analise algumas situações:  


  • Os motivos que estão influenciando na sua decisão de mudança. Alguns influenciadores são: dinheiro, prestígio, conveniência e estresse em excesso;
  • Se ainda há como melhorar ou subir na profissão;
  • O seu real propósito;
  • Se já atingiu tudo o que queria na profissão ou se sente sufocado.



O segredo da mudança é o foco, não na luta contra o velho. Mas na construção do novo.

Sócrates


Toda e qualquer mudança é positiva desde que seja por vontade de crescer, para atingir o verdadeiro propósito ou para fazer o que realmente gosta. Mudar de profissão só por mudar, por capricho ou sem um forte motivo, pode prejudicar e, até mesmo, atrasar a conquista do sucesso profissional. 


Trocar de profissão só faz sentido se estiver alinhado com seu propósito profissional, o que exige uma alta dose de autoconhecimento, muito estudo e aprendizado, mas tome cuidado para não fazer uma escolha impulsiva. Muitos profissionais tomam decisões apressadas que são fundamentadas em dificuldades pessoais, modismo ou num salário mais atraente, o que acaba frustando a médio e longo prazos. 


Fatores como: habilidades e competências, estilo de vida, paixão, crescimento e estabilidade emocional devem ser analisados ao fazer uma decisão, afinal, não é apenas a profissão que está em "jogo", é o ser humano também.       


Para uma boa transição de profissão saiba que...


  • É preciso construir uma nova rede de contatos. 
  • A nova área possui valores e cultura próprios que levam um tempo longo para ser aprendidos. 
  • Cursos e eventos são boas fontes de informação. 
  • Mesmo que você tenha talento para a nova profissão é necessário avaliar a demanda do mercado e, eventualmente, definir etapas intermediárias para implementar o novo rumo. 
  • Uma transição de carreira gera custos que devem ser considerados. É importante verificar se há recursos próprios suficientes para passar pela fase do aprendizado. Isso irá definir se é melhor deixar o atual trabalho e se dedicar plenamente à construção do sonho, ou ir de forma mais gradual, sem abandonar o emprego. 





Artigo escrito por Franciane Torres.


"
thumb_up Relevante message Comentar
Comentários

Mais artigos de Orientadora de Carreira Franciane Torres

Ver blog
há 2 anos · 1 min. de leitura

5 atitudes que fazem diferença ao procurar emprego.

Procurar emprego tem sido cada dia mais um desafio ...

há 2 anos · 1 min. de leitura

SE PREPARE PARA A ENTREVISTA DE EMPREGO COM BASE EM DUAS OBSERVAÇÕES.

(Imagem - Pixabay) · Obs.1. A entrevista não é som ...

há 3 anos · 2 min. de leitura

Instruções de como fazer um currículo em video.

(Fonte - · istockphotos/ FaberrInk) · O currículo ...